"CAUSOS" DE ELETRICISTA


“Eu trabalhava em uma empresa que fabricava secadores de ar comprimido e era responsável por montar o painel elétrico e toda a instalação elétrica das máquinas. Certa vez, já com toda a instalação pronta, eu precisava testar todos os comandos da máquina enquanto o pintor dava os retoques finais na pintura. Peguei uma extensão com um plugue em uma ponta e desencapei os condutores da outra ponta para ligar nos bornes de entrada. Eu joguei a ponta do cabo, que estava mais ou menos a uns oito metros de distância, e um companheiro de trabalho também jogou um outro cabo, o da furadeira, que iria usar em uma bancada ali perto. Sem que eu notasse, este amigo colocou a furadeira na bancada e foi ligá-la na tomada. Sem perceber, ele pegou o plugue da minha extensão em vez do cabo da furadeira! E eu estava lá com os fios na mão para ligar o borne! De repente levei um choque tão forte que, na hora, me fez soltar as ferramentas e dar um passo para trás. Só que o pintor estava retocando a base do equipamento e tinha deixado uma lata de tinta perto de mim. Sem ver nada, com o passo que dei para trás, derrubei a lata cheia de tinta no chão, fui apoiar meu pé e apoiei em cima da tinta, escorreguei e caí em cima do pintor que estava agachado e fomos os dois para o chão bem em cima da tinta! Ficamos com os braços, a barriga, o cabelo e o rosto melados de tinta azul-frança. Daí foi só risada!”.
Ivair Frenhe, da cidade de São Paulo
Posted on 19:43 by Elétrica Carioca and filed under | 0 Comments »

CONTATO

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Digite o código



http://www.linkws.com